Descolonização ou estratificação?

Estava estudando o processo de descolonização mundial lendo o texto “Guerras Anticoloniais: Nações contra Impérios” da autora Maria Yedda Linhares e então comecei a me questionar sobre uma série de fatos e conceitos que venho estudando dentro do meu curso.

            Primeiramente, é muito difícil se posicionar quando o assunto se trata de História, pois em minha visão, a “história” que estudamos hoje em dia é apenas uma perspectiva ou uma visão sobre um contexto gigantesco. Porém, mesmo com essa miopia histórica, me baseio no texto citado anteriormente e nas minhas reflexões para escrever esse texto.

            O processo de descolonização, ou desmembração dos impérios diferiu de colônias para colônias, sendo alguns deles totalmente violentos (como na Ásia e África) e alguns totalmente pacíficos. Após a Segunda Guerra Mundial, com a introdução da Carta da ONU no cenário mundial, a descolonização começou a ser viável pois a Carta garantia a preservação dos direitos do homem e o respeito a soberania dos Estados (tema muito questionado até hoje).

            A descolonização também trouxe problemas. Os Estados se tornavam independentes, porém muitos deles sofreram com a falta de matéria prima, governo desestabilizado, causando dependência das “ex-colônias” com os antigos impérios.

            Estudando essa dependência, em minha visão, aplica-se ao fato “descolonização” a estratificação mundial, muito tratada por o teórico marxista Immanuel Wallerstein. Quando inicia-se o processo de descolonização, o sistema internacional começa a ficar estratificado, com Estados não-desenvolvidos, sub-desenvolvidos e desenvolvidos. Muitos pensam que essa estratificação causada no processo de descolonização não era interessante para os impérios, mas pode ser analisada como o contrário que todos pensam.

            Com o cenário mundial estratificado, os Estados dominantes causam uma dependência dos Estados de terceiro mundo sobre eles, pois muitos deles dependem da organização política ou social, financiamento econômico e até mesmo a influência cultural. Para os antigos impérios, interessa o sistema internacional estratificado, pois a única relação que continuam com as antigas colônias seria econômica, e os Estados dominantes continuariam com o poder centralizado e com o poder bélico,  sem qualquer redistribuição econômica e sem alteração no equilíbrio de poder.

            Analisando ainda esse processo, podemos ver que isso é exatamente o que vivemos hoje, potências mundiais que dominam todos os processos econômicos, com poder bélico, que causam uma dependência com os países de terceiro mundo. Um exemplo disso é a relação dos Estados Unidos com o Brasil desde a Ditadura Militar. Uma extrema expansão da cultura ocidental na América Latina desde a década de 70, com repressão dos ideais comunistas e socialistas que cresciam dentro do Estado brasileiro nessa época.

            Portanto, podemos analisar que caminhamos rumo a um cenário mundial totalmente dominado pelas potências econômicas, e me arrisco a dizer, um sistema totalmente estratificado. Um exemplo disso são as empresas que usam o trabalho infantil nos Estados de terceiro mundo, se aproveitam dessa dependência causada no processo de descolonização para o individualismo empresarial.

            Em outros textos vou tratar sobre o papel do indivíduo no cenário mundial e outras análises, mas por enquanto só estou trazendo uma breve análise do processo de descolonização, e como isso esta presente até hoje, apesar de muito tempo passado. Assim, o processo de descolonização não foi apenas a desmembração dos impérios. Esse processo afetou muitas nações economicamente e ainda afeta até hoje, por interesse das potências ou não.

 

19/12/2013

 

Pedro Paulo Piovan

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s